Anuncie no Publipt

Acompanhe nas Redes Sociais

sábado, 15 de junho de 2013

O caminho dos justos


“Entrai pela porta estreita; porque larga é a porta, e espaçoso o caminho que CONDUZ à perdição” ( Mt 7:13 )

Desde o ventre materno os homens alienam-se de Deus, pois a geração de Adão (semente) é o meio pelo qual os homens juntamente alienam-se de Deus "Desviaram-se todos, e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não, nem sequer um" ( Sl 53:3 ). Andam errado desde que nascem porque passaram a trilhar um caminho que os conduz à perdição, visto que são transgressores sem causa "Confundidos serão os que transgridem sem causa" ( Sl 25:3 ). Falam mentiras porque falam segundo o seus corações, que é enganoso "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" ( Jr 17:9 ). Como a boca fala do que está cheio (pleno) o coração, segue que o homem fala mentira.

Antes de iniciar qualquer caminhada é importante saber para onde o caminho nos levará, pois os caminhos possuem um único destino. A escolha geralmente é feita em função do destino que o caminho conduz.

Mas, a bíblia demonstra que há um caminho que os homens seguem que inexoravelmente os conduzirá a perdição. Embora estejam sendo conduzidos à perdição por causa do caminho, não se dão conta do destino funesto, pois não exerceram uma escolha e, mesmo assim, estão sendo conduzidos por ele.

São conduzidos pelo caminho largo à perdição em função da porta larga que todos os homens acessam ao nascer. Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!

Muitos buscam caminhos que aos seus olhos parecem direito, porém, o fim dele é a morte ( Pv 14:12 ). Uns buscam o caminho do ascetismo pessoal, outros busca a religiosidade, o puritanismo, o pietismo, a filosofia, o formalismo, o legalismo, o ritualismo, etc., são vários caminhos que os homens escolhem na intenção de se salvarem, porém, fatalmente são conduzidos à perdição.

O Caminho Estreito

Em decorrência da situação funesta que o caminho dos homens impõe a toda humanidade: perdição, o salmista profetizou acerca de uma porta que seria apresentada a humanidade pelo qual todos quantos entrassem seriam justos, livres de condenação "Esta é a porta do SENHOR, pela qual os justos entrarão" ( Sl 118:20 ).

Qual seria esta porta? O mesmo salmo, através de uma linguagem enigmática demonstra que a porta é Aquele que vem em nome do Senhor ( Sl 118:26 ). Ele é a luz dada por Deus, a vítima do sacrifício ( Sl 118:27 ), a pedra que os construtores rejeitaram ( Sl 118:22 ).

Jesus orientou dizendo: "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens" ( Jo 10:9 ), sendo necessário entrar por Ele “Entrai pela porta estreita...” ( Mt 7:13 ).

Como entrar por esta porta? A porta simboliza o nascimento, portanto, para entrar pela porta estreita é necessário nascer de novo. A porta é estreita porque poucos entram por ela, diferente da porta larga, que todos os homens entram através do nascimento natural.

Todos que nascem de novo, ou seja, que entram pela porta estreita, passam a trilhar um caminho estreito que conduz o homem a Deus. Cristo conduz o homem a Deus, ou seja, todos que entram por Ele são conduzidos à vida ( Mt 7:14 ). É por isso que Jesus diz: "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade e a vida; ninguém vem ao Pai, senão por mim" ( Jo 14:6 ).

Ao entrar pela porta estreita o homem passa a trilhar um novo e vivo caminho que dá acesso a Deus "Pelo novo e vivo caminho que ele nos consagrou, pelo véu, isto é, pela sua carne" ( Hb 10:20 ). É gerado de novo segundo a semente incorruptível, que é a palavra de Deus: viva e que permanece para sempre.

O Caminho Largo

Ninguém escolhe entrar pela porta larga. Ninguém escolhe trilhar o caminho largo que conduz à perdição. Embora o homem faça inúmeras escolhas diárias, nenhuma delas tem relação com o caminho de perdição que os conduz ao nascerem.

Poucos homens são inteirados acerca do caminho que trilham ao nascer. Sobre este caminho, Jesus alertou: “...larga é a porta, e espaçoso o caminho que CONDUZ à perdição” ( Mt 7:13 ).

O primeiro pai da humanidade, Adão, é a porta larga por quem todos os homens entram ao nascer. Foi ele quem pecou, por ele o pecado entrou no mundo e por causa de Adão todos pecaram.

Nenhum dos homens peca à semelhança da transgressão de Adão, pois só ele pecou, e todos morreram. 

Ele pecou, foi julgado e sentenciado a permanecer separado da glória de Deus e, todos que são gerados segundo a semente de Adão são gerados em igual condição: alienados de Deus “Porque assim como a morte veio por um homem, também a ressurreição dos mortos veio por um homem. Porque, assim como todos morrem em Adão, assim também todos serão vivificados em Cristo” ( 1Co15:21 -22).

Pelo fato de ter sido gerado de Adão, os homens passam a trilhar um caminho que os conduz à perdição, independente do que façam ou das suas disposições internas.

Por causa desta condição, o homem é descrito como filho da desobediência, filho da ira, planta que o pai não plantou, mentiroso, trevas, ignorante, morto, alienado, etc. Tal condição é pertinente aos homens desde que nascem "Alienam-se os ímpios desde a madre; andam errados desde que nasceram, falando mentiras" ( Sl 58:3 ).

Desde o ventre materno os homens alienam-se de Deus, pois a geração de Adão (semente) é o meio pelo qual os homens juntamente alienam-se de Deus "Desviaram-se todos, e juntamente se fizeram imundos; não há quem faça o bem, não, nem sequer um" ( Sl 53:3 ). Andam errado desde que nascem porque passaram a trilhar um caminho que os conduz à perdição, visto que são transgressores sem causa "Confundidos serão os que transgridem sem causa" ( Sl 25:3 ). Falam mentiras porque falam segundo o seus corações, que é enganoso "Enganoso é o coração, mais do que todas as coisas, e perverso; quem o conhecerá?" ( Jr 17:9 ). 

Como a boca fala do que está cheio (pleno) o coração, segue que o homem fala mentira.

O melhor homem natural é comparável a um espinho, e o mais justo a uma cerca feita de espinhos "O melhor deles é como um espinho; o mais reto é pior do que a sebe de espinhos; veio o dia dos teus vigias, veio o dia da tua punição; agora será a sua confusão" ( Mq 7:4 ).

Dois Caminhos

“E porque estreita é a porta, e apertado o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem”  ( Mt 7:14 )

Os homens não sabem que trilham um caminho de perdição, não escolheram entrar pela porta larga. São transgressores sem causa.

Porém, para louvor da sua graça e misericórdia, Cristo, o Verbo encarnado identificou-se como a porta estreita que conduz os homens a Deus. Ele é a porta predita pela qual os justos entram e tem acesso a Deus "Esta é a porta do SENHOR, pela qual os justos entrarão" ( Sl 118:20 ).

Os caminhos que os homens escolhem segundo o que presumem de si mesmos, não os livrará da condenação. Somente o caminho ensinado pelo Senhor é o que conduz à vida "Qual é o homem que teme ao SENHOR? Ele o ensinará no caminho que deve escolher" ( Sl 25:12 ).

O Senhor é bom, porque ensinou o caminho aos pecadores quando disse: Eu sou o caminho, a verdade e a vida "Bom e reto é o SENHOR; por isso ensinará o caminho aos pecadores" ( Sl 25:8 ).

Cristo é o bom pastor! Ele é quem ensina no caminho que o homem deve escolher "Está escrito nos profetas: E serão todos ensinados por Deus. Portanto, todo aquele que do Pai ouviu e aprendeu vem a mim" ( Jo 6:45 ).

Quem não sabe o caminho, peça a Deus, que Ele ensinará "Ensina-me, SENHOR, o teu caminho, e guia-me pela vereda direita, por causa dos meus inimigos" ( Sl 27:11 ).

Devemos conhecer o caminho da vida, ou seja, estar unido a Cristo em um só corpo, pois o caminho dos ímpios perecerá ( Sl 1:6 ).

“Os dois caminhos” é uma grande parábola, e somente aqueles que são discípulos do Mestre a entendem "E sem parábolas nunca lhes falava; porém, tudo declarava em particular aos seus discípulos" ( Mc 4:34 ).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Acompanhe

Follow Us

parceiros





Troca Social

banner

Divulgue seu Blog

Fast-growing 1:1 Traffic Exchange

Parceiro Tecnogospel